(21) 2137-1664 | (21) 96808-4445 contato@cursodeecocardiografia.com
Escolha uma Página

Blog

Blog

COMO FAZER O ESCORE DE WILKINS?

O Escore de Wilkins avalia a anatomia valvar e subvalvar identificando os candidatos ideais para o tratamento percutâneo da estenose mitral reumática. Este escore gradua de 1 a 4 o espessamento valvar, a calcificação valvar, a mobilidade valvar e o espessamento subvalvar.

MODO UNIDIMENSIONAL DA VALVA MITRAL

Vamos aprender a estudar a valva mitral a partir do modo unidimensional (modo-M). É muito importante o cardiologista aprender a olhar para as imagens que são disponibilizadas no exame de Ecocardiograma.

CORTE LONGITUDINAL – DOENÇA MITRAL REUMÁTICA

O corte longitudinal é um corte ecocardiográfico de grande importância no estudo da Doença Reumática, principalmente na identificação dos achados ecocardiográficos que sugerem o comprometimento reumático da valva mitral. Importante também para comparar visualmente o tamanho do átrio esquerdo e aorta. Corte importante na visualização do derrame pericárdico e das sobrecargas do ventrículo direito

CORTE LONGITUDINAL

Corte bidimensional de grande importância no estudo ecocardiográfico. Corte Paraesternal Longitudinal de Câmaras Esquerdas – corte onde será realizado as medidas do aorta, átrio esquerdo e ventrículo esquerdo através do modo unidimensional. Corte importante no estudo da valva mitral. Estudo do estado contrátil das paredes septal anterior e ínfero-lateral do ventrículo esquerdo.